Velocidade e solidariedade na segunda etapa do GP Garça de Kart

Velocidade e solidariedade: competidores e suas equipes colaboraram com a campanha “Juntos pelo Arthur”.

Além das disputas tradicionais que acontecem no Kartódromo de Garça, a segunda etapa do Grand Prix Garça de Kart reuniu pilotos em uma ação social. Os competidores e suas equipes colaboraram com a campanha “Juntos pelo Arthur”, que está juntando fundos para o tratamento de pequeno Arthur, de apenas um ano. “Esta campanha foi a forma que encontre de agradecer às coisas boas que vem acontecendo em minha vida. Por exemplo, acabei de entrar na Fórmula Mercedes, uma categoria que eu sempre quis participar. O Arthur apareceu em minha vida. É uma criança de um ano, do Paraná, que possui uma doença degenerativa rara e o tratamento é muito caro. Tenho um irmão com o mesmo nome, por que faria de tudo. A intenção é que outros campeonatos também adotem esse tipo de iniciativa e ajudem mais pessoas”, explicou o piloto Marcelo Isaac Nunes.

Na pista, a primeira prova, a 13HP, foi vencida por Heleno Cavalcante Oliveira Neto, de Dracena. “A minha equipe é formada por nove pilotos, mas apenas quatro participaram dessa etapa. Para nós seria mais tranquilo correr em Presidente Prudente, pois fica mais próxima, mas a pista está em reforma e aqui, em Garça, onde a pista é muito boa, o campeonato é bem organizado e somos bem recepcionados pela cidade. Vale apena rodar os 230 quilômetros para correr aqui. Quanto à prova de hoje, a equipe trabalhou muito. Larguei em segundo e na terceira volta consegui a primeira colocação. Apesar das vitórias nas duas primeiras etapas, não estou tranquilo, pois a próxima prova será rodada dupla, ou seja, são duas provas numa só, e com o agravante de que os cinco primeiros colocados na primeira corrida invertem a posição para largada da segunda. Isso dá um desconforto para quem está na frente”, comentou Heleno.

Na categoria RD-135, apenas o kart do paranaense Gianluca Camargo Margoto Esteves, cruzou a linha de chegada. Ele largou em terceiro em terceiro venceu a prova após a quebra dos carros dos outros competidores. “Valeu a pena viajar tanto, sou de Andirá, mas moro em Curitiba. Venho ônibus. Tudo isso compensa pelas amizades. Na prova, contei com um pouco de sorte, mas, nessa categoria, não é só conseguir andar bem, é preciso saber manter o motor. O campeonato está crescendo, ficando mais profissional e tem o lado social, que, a cada corrida arrecada recursos para ajudar alguém que precise, nessa, por exemplo, o auxílio vai para o Arthur, que é uma criança que precisa fazer um tratamento caro. Isso torna tudo mais legal, pois transforma a corrida em algo mais do que a competição”, refletiu Gianluca.

Marcelo Santos Nunes, de Marília, venceu na categoria Stock Sênior. Para ele, além da emoção da competição, poder ajudar o próximo, também conta muito. “O empenho dos pilotos pode gerar frutos para esse tipo de promoção. Vencer uma prova depende de esforço próprio, mas, ajudar o próximo, depende do coletivo e é isso que estamos tentando fazer aqui”.

Já bauruense Bruno Hortêncio, levou o troféu da categoria Stock. “Larguei na Poli e até o meio da prova fiquei tranquilo na ponta, no final, meu carro perdeu um pouco de rendimento e fiquei um pouco apreensivo. Mas, ao fim, consegui vencer. Para a próxima etapa, vamos treinar mais. É muito bom correr aqui. O clima é favorável e, aqui, existe mais amizade, mas só até a largada (risos)”, comentou Hortêncio.

O presidente do Kart Clube de Garça, João Luiz de Achilles, explicou que próxima etapa do GP trará novidades. “A cada ano, cada prova, notamos melhoras. Aumentou o número de pilotos competindo. Estamos trazendo gente de várias outras cidades, muitas que nunca haviam participado das nossas corridas e agora nos procuram. Continuamos com muito otimismo e sempre esperando mais. Para a próxima etapa, vamos fazer algo novo: a rodada dupla. Nela, em cada categoria, são dadas 20 voltas. Os cinco primeiros colocados invertem a posição e é dada uma nova largada para mais 20 voltas. Isso vai exigir mais técnica, condicionamento físico do piloto e estratégia da equipe. Aproveito para convidar a todo para assistir às provas. A entrada é gratuita”, concluiu João Luiz.

 

As próximas etapas do GP Garça de Kart acontecem em 11 de junho, 13 de agosto, 08 de outubro e 03 de dezembro.

 

Resultado por categoria

 

13HP

Posição Piloto Tempo Cidade
01 Heleno Cavalcante O. Neto 13min03seg054 Dracena
02 Newton Marmontel Jr. 13min08seg792 Bauru
03 Tony Casadei 13min12seg895 Presidente Prudente
04 César Ricardo Vascelli 13min17seg987 Presidente Prudente
05 Vítor Manzutti Neto 13min23seg127 Bariri

 

 

RD-135

Posição Piloto Tempo Cidade
01 Gianluca Camargo Margoto Esteves 14min02seg383 Andirá – PR
02 João Luiz de Achilles 02 Voltas Garça
03 Adriano Yukio Abe 02 Voltas Garça
04 João Guilherme Colandrim 03 Voltas Marília

 

 

Stock Sênior

Posição Piloto Tempo Cidade
01 Marcelo Santos Nunes 16min02seg652 Marília
02 Valter Francisco Fonseca 16min07seg691 Bauru

 

 

Stock

Posição Piloto Tempo Cidade
01 Bruno Hortêncio 15min30seg703 Bauru
02 João Luiz G. Pocay 15min32seg935 Ourinhos
03 Marcelo Isaac Nunes 15min34seg344 Marília
04 Matheus B. Corrêa 15min39seg338 Marília
05 Marcos Mariano 15min40seg626 Presidente Prudente

 

{lang: 'pt-BR'}